De volta para o futuro?

A empresa de engenharia de projetos Arup publicou o relatório Future of Rail 2050, em que traz previsões do setor ferroviário para as próximas décadas.

Com o aumento da frequência de eventos climáticos extremos, o relatório avalia futuras técnicas de construção e manutenção, prevendo que robôs inteligentes irão construir novas e modernizar antigas infraestruturas ferroviárias. Além disso, aborda questões como a melhoria e a difusão de sistemas de direção automática nos trens.

Read More

Share

Em segundo plano

O Brasil coleta 243 mil toneladas de lixo todos os dias, e mesmo com a implantação da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), em vigor desde agosto de 2014, mais da metade de todo esse material é destinado a lixões expostos a céu aberto sem nenhum controle ambiental. O que é preciso acontecer para que essa realidade mude?

“Acredito que um ponto de inflexão reside no entendimento do que seja tratamento de resíduos e do motivo pelo qual ele é tão necessário”, afirma Leticia Tavares Theotonio, gerente de projetos para novos negócios ITVR, na Revita Engenharia, empresa do Grupo Solví (foto). “Em todo o mundo, a introdução do tratamento de resíduos antes da disposição final tem um único objetivo principal, que é contribuir para a proteção do clima. No Brasil, a questão climática aparece de uma maneira subsidiária nos debates.”

Read More

Share