Acervo para a família empresária

Informação nunca é demais. Confira a seguir uma seleção de livros, artigos, entrevistas e palestras dadas por especialistas em gestão de empresas familiares que poderão servir de inspiração e auxiliar na condução dos negócios.

●      “De geração para geração: ciclos de vida das empresas familiares”, de Kelin E. Gersick, John A. Davis, Ivan Lansberg – os autores examinam as empresas familiares explorando suas dinâmicas e desafios.

Read More

Share

O cliente está cada vez mais crítico e exigente

A busca pela excelência no atendimento nunca esteve tão em alta como na atualidade. E o motivo é simples: o cliente está cada vez mais crítico e exigente.

A retrospectiva histórica torna possível perceber a relação entre as alterações no perfil do cliente e no processo de atendimento.

Em meados dos anos 60 e 70, acreditava-se que a venda era algo natural. “Bastava ter um produto e uma pessoa interessada em comprá-lo, não havia uma preocupação efetiva com o cliente”, comenta Luciano Amato, diretor executivo da Training People.

Nos anos 80, houve um foco maior na qualidade dos produtos com o surgimento dos processos de gestão de qualidade e melhoria contínua.

Read More

Share

Sete orientações para um feedback positivo

Por Ricardo M. Barbosa*

 

Uma preocupação básica para quem ocupa um cargo de liderança é como as empresas estão se comunicando com seus colaboradores. Mas, o que poucos percebem é que quando um líder fala com alguém subordinado, na verdade quem está falando, no entendimento do liderado, é a empresa e não o gestor.

O cuidado deve ser grande para que as conversas estejam alinhadas aos objetivos da companhia e para que haja ações constantes de feedback, com um alinhamento dos discursos, melhorias dos trabalhos, ações motivacionais, evitando erros de comunicação e interpretação.

Mas o que é feedback? Esse termo é entendido como um canal de comunicação entre a empresa (representada na maioria das vezes pelo gestor ou pela área de recursos humanos) e seu colaborador. Por meio dele é que se faz uma avaliação crítica dos trabalhos levando em conta pontos positivos e negativos em relação àquilo que se realiza e o que é de essencial importância para o aprendizado e crescimento.

Read More

Share

Agenda lotada?

Planejamento é uma das chaves para otimizar o tempo e dar conta das tarefas do dia a dia. Para ajudar nessa tarefa, a agenda é imprescindível. Em papel ou eletrônica, ela ajuda a planejar e classificar o que precisa ser realizado, separando o “urgente” do “importante”.

Os aplicativos para organização, presentes nos computadores pessoais e na maioria dos celulares, podem ser de grande ajuda, mas devem ser usados com moderação. Saber gerenciá-los é fundamental para que não ocupem um lugar na lista de “ladrões do tempo”.

Read More

Share

Dê um “chega pra lá” nos ladrões do tempo

As 24 horas de um dia parecem insuficientes para dar conta de tantas tarefas? Se sua resposta foi positiva, não se sinta sozinho. Os dias modernos imprimem um ritmo frenético e praticamente enlouquecedor na rotina diária, e no fim, muitos têm a estranha sensação de que falta tempo.

Aproveitar bem as horas do dia, no entanto, não quer dizer, necessariamente, fazer centenas de coisas de forma simultânea.  Significa finalizar tudo o que precisa ser feito e com qualidade. Isto é, nossa relação com o tempo não deve ser quantitativa e, sim, qualitativa.

Read More

Share

Custo dos feriados chega a R$ 45,5 bilhões em 2014

As perdas ocasionadas pelos feriados nacionais e estaduais à indústria brasileira podem atingir R$ 45,5 bilhões em 2014, valor 2,8% maior do que o estimado para o ano passado. Isso significa dizer que a economia brasileira deixará de produzir até 3,6% do seu PIB industrial.

Os estados mais industrializados são também os que concentram as maiores perdas. Em São Paulo, a conta pode chegar a R$ 15,6 bilhões, enquanto no Rio de Janeiro os prejuízos somam R$ 5,5 bilhões. Minas Gerais e Rio Grande do Sul podem deixar de produzir, respectivamente, R$ 4,5 bilhões e R$ 2,8 bilhões. As informações estão na Nota Técnica “O Custo Econômico dos Feriados” divulgada pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro).

Read More

Share

Ações de combate à lavagem de dinheiro passam a ser prioridade

O nível de atenção dada pela alta administração das companhias aos desafios impostos pela lavagem de dinheiro é o mais alto de todos os tempos, de acordo com as constatações do novo relatório da KPMG Internacional. Nove em cada dez respondentes (88%) disseram que as questões relacionadas ao combate a este tipo de crime (Anti-Money Laundering, da sigla em inglês, AML) estão de volta ao topo das prioridades na pauta das empresas, em vez de estarem sendo substituídas por outros temas como mostraram estudos realizados ao longo dos últimos dez anos. O levantamento apontou ainda que a maioria dos entrevistados (84%) alegou que essa conduta é considerada de alto risco ao negócio, enfatizando ainda com que nível de seriedade a administração interpreta as falhas no cumprimento das exigências regulatórias.

Read More

Share