Mercado mineiro de locação de equipamentos faturou em R$ 3,2 bilhões em 2015

O mercado mineiro de locação de equipamentos obteve um faturamento de R$ 3,2 bilhões no ano passado, o que representa um crescimento de 18,5%  em relação ao ano anterior, quando foi de R$ 2,7 bilhões. O setor emprega atualmente 27 mil pessoas. Os dados foram divulgados no Congresso Nacional de Valorização de Rental, promovido pela Analoc – Associação Brasileira dos Sindicatos, Associações e Representantes dos Locadores de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas, durante o Construction Summit.

 

A pesquisa divulgada pelo Sindileq-MG – Sindicato das Empresas Locadoras de Equipamentos, Máquinas, Ferramentas e Serviços Afins do Estado de Minas Gerais entrevistou mais de 300 empresas do setor e forneceu informações importantes sobre o segmento do rental no Estado.

Read More

Share

Área de iluminação pública é a que mais tem aprovado projetos PPPs

Palestra no Construction Summit também mostrou que a área de saneamento vem ganhando destaque com novos projetos

 

A área de iluminação pública é a que está mais avançada em termos de projetos aprovados com utilização de Parceria Público-Privada (PPPs). De acordo com dados da Radar PPP, empresa especializada na formatação de projetos de PPP, dos 87 projetos em andamento mapeados pela empresa, 27 são voltados para obras e serviços destinados a iluminação pública e envolvem municípios de todas as regiões do país. “Somente no Distrito Federal, as projeções de investimentos são de R$ 2 bilhões nesse segmento”, relatou Rodrigo Reis, sócio da empresa em palestra PPP Summit, proferida durante o Construction Summit 2016, realizado pela Sobratema em São Paulo.

 

Além de projetos de iluminação pública, Reis salientou que vem ganhando destaque também as áreas de saneamento básico, com 14 projetos em andamento, e 11 outros referentes a resíduos sólidos. A seu ver, o segmento de iluminação pública tem atraído interesse por meio das PPPs a partir de uma resolução da Aneel, de 2012, que estipulou que a competência para gerir a área passou das concessionárias de energia para as prefeituras. “Como há dotação orçamentária para iluminação pública por meio da taxa embutida nas contas de energia de toda a população, o segmento possui garantias, o que facilita a aprovação de projetos PPPs”, comentou.

Read More

Share

Especialista defende uso de concreto no lugar de asfalto para pavimentação de estradas e ruas

A pavimentação de ruas e estradas com o uso de concreto no lugar de asfalto pode ser inicialmente mais cara, mas quando se considera o menor custo de manutenção ao longo da vida útil do pavimento, se torna mais viável economicamente. A constatação é do engenheiro civil norte-americano Chris Tull, da CRT Consulting Concrete e foi feita durante a palestra Pavimento para Cidades Sustentáveis, ministrada no Construction Summit 2016, promovido pela Sobratema, em São Paulo. A palestra é a primeira das três programadas pela World of Concrete, maior feira mundial da cadeia do concreto, que é parceira da Sobratema na realização do Summit.

   

“Nos Estados Unidos, todos os gestores públicos e também os usuários preferem esperar um pouco mais para utilizar uma estrada, do que ter uma obra executada com maior rapidez, mas que necessitará de constantes manutenções”, comentou o palestrante, que é considerado um dos mais experientes especialistas em pavimentação de concreto do mundo.

Read More

Share

Arquitetura e engenharia são instrumentos para o desenvolvimento de um país

Em Workshop do Sinaenco, promovido no Construction Summit, especialistas ressaltam a importância dessas duas áreas para o futuro do Brasil

 

A arquitetura e a engenharia têm um papel imprescindível para o crescimento de uma nação por estar presente e atuar de forma efetiva nos cinco pilares fundamentais: saúde, educação, segurança pública, infraestrutura e defesa nacional. “Somos operadores para o desenvolvimento do país”, afirmou José Roberto Bernasconi, presidente do Sinaenco – Sindicato Nacional da Arquitetuar e da Engenharia, no Workshop promovido pela entidade no Construction Summit 2016, em São Paulo.

 

No entanto, para que os profissionais desse setor possam trabalhar de maneira efetiva e eficiente, é necessário que ocorram mudanças. “Estamos submetidos a uma alta carga tributária, de cerca de 40%, a condições difíceis de trabalho e somos uma sociedade com forte depedência de um poder. Tudo isso tem nos levado a perda de espaço e enfraquecimento de nossa capacidade de empreender. Por esse motivo, precisamos romper com essas questões que nos aprisionam”, avaliou Bernasconi. “E, ainda assim, temos conseguido criar novos mercados e prestar excelentes serviços de arquitetura e engenharia aqui e no exterior, com reconhecimento mundial”, acrescentou.

Read More

Share

Especialistas debatem desafios urbanos em mobilidade, acessibilidade e infraestrutura

Tornar uma cidade sustentável demanda evitar ao máximo o desperdício de recursos naturais, o respeito ao meio ambiente e a gestão do uso do solo. Da maneira que as cidades estão crescendo, muitas vezes questões importantes são deixadas de lado em busca do progresso, que não deve ocorrer sem planejamento. O painel “Mobilidade, Acessibilidade e Desenvolvimento Urbano”, ocorrido no seminário “Cidades em Movimento”, evento organizado pela Sobratema e pelo WRI Brasil Cidades Sustentáveis, debateu esses e outros assuntos.

 

"Vivemos um momento muito singular para as cidades e para a transformação dos cenários urbanos. A nova agenda urbana está sendo formada e o momento hoje é de pensar sobre os desafios que enfrentamos", afirmou o professor do Curso de Engenharia da Universidade de São Paulo, Miguel Bucalem, que mediou o debate. A segunda mesa-redonda do dia foi composta ainda pelo Secretário Executivo da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), Gilberto Perre, pelo Especialista em Mobilidade Urbana do WRI Brasil Cidades Sustentáveis, Guilhermo Petzhold, pela arquiteta e representante da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED) na Comissão Permanente de Acessibilidade (CPA), Silvana Cambiaghi, e pelo Presidente do Sindicato da Arquitetura e da Engenharia (SINAENCO), José Roberto Bernasconi.

Read More

Share

Mercado mineiro de locação de equipamentos faturou em R$ 3,2 bilhões em 2015

Congresso Nacional de Valorização do Rental teve ainda mais três palestras: “Proposta de Alteração da Lei de Duplicatas”, “Liderança: Como Enfrentar a Tempestade”, e “A Crise sem Economês: Desafios e Oportunidades”

O mercado mineiro de locação de equipamentos obteve um faturamento de R$ 3,2 bilhões no ano passado, o que representa um crescimento de 18,5%  em relação ao ano anterior, quando foi de R$ 2,7 bilhões. O setor emprega atualmente 27 mil pessoas. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (16), no Congresso Nacional de Valorização de Rental, promovido pela Associação Brasileira dos Sindicatos, Associações e Representantes dos Locadores de Equipamentos, Máquinas e Ferramentas (Analoc), durante o Construction Summit.

Read More

Share

Sinicesp e entidades da indústria são recebidos pelo presidente em exercício Michel Temer

O Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Pualo (Sinicesp), juntamente com um grupo de representantes do setor produtivo paulista, participou de reunião com o presidente em exercício Michel Temer e com os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil), Henrique Meirelles (Fazenda), Marcos Pereira (Indústria, Comércio Exterior e Serviços) e Wellington Moreira Franco (Secretaria Executiva do Programa de Parcerias e Investimentos).

Read More

Share

Brasil só reverterá déficit de saneamento se ampliar recursos e melhorar gestão das empresas

Investimentos privados são essenciais: companhias administradas pelo setor empresarial têm melhor qualidade de serviço. Confira na reportagem da série especial sobre modernização da infraestrutura

Com uma média de eficiência maior que a das companhias públicas, as empresas privadas de saneamento têm despontado como um dos caminhos mais viáveis para que o Brasil reverta o quadro de atraso na prestação de serviços de água e esgoto. Na avaliação da Confederação Nacional da Indústria (CNI), o aumento da participação privada é imprescindível para a universalização da coleta e do tratamento do esgoto, e para o abastecimento de água. “Na infraestrutura brasileira, o setor com maior déficit de atendimento e maiores desafios é o de saneamento. A iniciativa privada tem muito a contribuir para a expansão dos serviços, com investimentos e modelos eficientes de gestão”, destaca a diretora de Relações Institucionais da CNI, Mônica Messenberg.

Read More

Share

Case lança campanha para incentivar manutenção preventiva

Esta é uma das ações de pós-venda para comemorar as 30 mil unidades de retroescavadeiras 580 comercializadas no Brasil

Todo cliente que adquirir um Plano de Manutenção Preventiva de Retroescavadeira da Case Construction Equipment, no período de 1º de junho de 2016 a 31 de março de 2017, concorrerá a 10 vales-compra no valor de R$ 3 mil reais cada, que poderão ser utilizados em até 180 dias após a entrega do prêmio.

A campanha recém-lançada une dois objetivos da marca, informa o coordenador de serviço Relton Henrique Cesar: alertar para a importância da manutenção preventiva na produtividade do equipamento e comemorar as 30 mil unidades de retroescavadeiras já comercializadas no Brasil desde 1968. O número é um recorde, já que nenhuma outra máquina de construção chegou a esse volume.

Read More

Share

Nível de emprego da Construção Pesada Paulista apresenta o pior resultado do ano

O nível de emprego na Construção Pesada no Estado de São Paulo registrou uma queda de 1.282 ocupações no mês de abril. O dados fazem parte de um acompanhamento feito pelo Sindicato da Indústria da Construção Pesada do Estado de São Paulo (Sinicesp). Com este resultado, o setor da construção pesada paulista volta a registrar comportamento negativo do índice, após discreta elevação verificada em março. A tendência de queda de abril chegou a 1,22%, o pior resultado do quadrimestre.

Read More

Share
1 3 4 5 6 7 28