Ibovespa “toma susto” e chega a cair quase 1% com rumor de denúncia contra Alckmin, mas ameniza

Já o dólar chegou a superar os R$ 3,91; contudo, o cenário externo positivo voltou a prevalecer, o Ibovespa voltou a subir e a divisa americana registra queda

Depois de chegar a subir com o alívio nas tensões entre EUA e China, o Ibovespa amargou perdas no início da tarde, chegando a cair 0,90% na mínima do dia, após notícia do G1 de que o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, pode ser alvo de duas denúncias do Ministério Público de São Paulo ainda antes do 1º turno da eleição, dia 7 de outubro.

Passado o "susto", as perdas diminuíram e o Ibovespa voltou a subir, chegando a ter alta de 0,5%. Mas a sessão então passou a ser marcada pela volatilidade e, às 13h44 (horário de Brasília), o índice registrava queda de 0,27%, a 76.871 pontos. Já o dólar, que chegou a  ultrapassar os R$ 3,91 e depois virou para queda, voltou a subir novamente e negocia um pouco acima dos R$ 3,908 na venda (alta de 0,20%).

De acordo com a reportagem do G1, a perspectiva de denúncia é feita nos corredores do MP, órgão estadual responsável pelas investigações sobre improbidade administrativa envolvendo o candidato. O candidato tucano prestou ontem à tarde depoimento no inquérito que investiga caixa 2 nas campanhas eleitorais de 2010 e 2014. Ontem, o tucano afirmou que era “dever de quem está na vida pública cotidianamente prestar contas”. “Vou esclarecer o que quiserem que esclareça. As minhas campanhas sempre foram modestas e rigorosamente dentro da lei”, ressaltou o candidato do PSDB antes de depor.

Como Alckmin é o candidato centrista preferido, ele seria o melhor para os mercados. Se de algum modo ele for comprometido, então nós teremos outra dose de incerteza política", disse Win Thin, estrategista do BBH, à Bloomberg.

Leia a notícia completa em https://www.infomoney.com.br/mercados/acoes-e-indices/noticia/7574014/china-e-eua-impulsionam-ibovespa-e-fazem-dolar-cair-noticiario-politico-segue-no-radar-no-brasil

 

Fonte: InfoMoney

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *