De volta para o futuro?

A empresa de engenharia de projetos Arup publicou o relatório Future of Rail 2050, em que traz previsões do setor ferroviário para as próximas décadas.

Com o aumento da frequência de eventos climáticos extremos, o relatório avalia futuras técnicas de construção e manutenção, prevendo que robôs inteligentes irão construir novas e modernizar antigas infraestruturas ferroviárias. Além disso, aborda questões como a melhoria e a difusão de sistemas de direção automática nos trens.

O estudo também analisa a forma como o transporte de cargas terá lugar acima do solo (via plataformas elevadas), muito abaixo dele (em túneis no subsolo), ou mesmo por meio de uma nova geração de dirigíveis.

Ricardo Pittella, diretor da Arup no Brasil, afirma que em 2050 cerca de 75% da população mundial viverá em cidades, o que nos obriga a repensar questões como a mobilidade urbana. “É exatamente aí que vemos a oportunidade de um maior crescimento do transporte ferroviário, especialmente no Brasil, acompanhado das melhorias trazidas pela tecnologia.”

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *