Não tenha medo de renegociar

Solicitar mudanças em contratos previamente estabelecidos é uma medida normal e útil em várias situações. Para isso, porém, o empresário deve tomar certos cuidados

 

A crise econômica e política modificou fortemente o comportamento das companhias brasileiras. Se a situação há seis anos (em 2010, o PIB cresceu 7,5%) era extremamente favorável à expansão das atividades, o cenário agora é outro: a ordem do dia é cortar custos e frear investimentos. Para se adaptar a essa realidade, renegociar contratos torna-se muitas vezes uma atitude importante para que o caixa fique em ordem. Muitos empresários, porém, têm muitas dúvidas para fazer isso. Quando é preciso apelar para esse recurso? O que se deve priorizar? Como proceder durante a conversa com o fornecedor ou o gerente do banco?

Read More

Share