Evolução em meio ao caos

Por Nuno Antunes Ferreira*

Em artigo publicado em janeiro de 2007, Alfred Hubler, Glenn Foster e Kirstin Phelps citavam Catherine Brinkworth e escreveram que “o caos é inevitável. No sentido que perturbação implica evolução, também é desejável. Mas o gerenciamento é essencial. Não tem qualquer sentido pensar que alguém o fará por nós. Você tem as suas estratégias pessoais bem definidas?”

Independentemente de sermos, ou não, entusiastas ou estudiosos da teoria do caos, ao acreditarmos que ele é inevitável e traz consigo evolução (positiva, assim esperemos), algo de extraordinariamente bom deve estar para ocorrer no mundo.

Read More

Share

Este ano promete!

Por Nuno Antunes Ferreira*

Viramos mais um ano e, ao que tudo indica, 2016 deve ser cheio de emoções. Logo teremos eleições presidenciais nos Estados Unidos. Será que o resultado das primárias nos primeiros Estados vai mesmo mostrar a tendência? De qualquer forma, a economia americana, apesar de problemas e dificuldades, continua dando sinais de pujança, vai crescendo e gerando emprego.

A Europa caminha teimosamente lutando para se manter à tona. Já era um desafio importante fazer com que o PIB europeu crescesse de forma mais ou menos visível e gerasse algum emprego, mas ter, simultaneamente, de fazer face a um movimento contínuo de refugiados para o qual o continente não se preparou é tarefa verdadeiramente hercúlea.

Read More

Share