Toma lá, dá cá

Um bom negociador comercial deve ser confiável, bem informado e cativante, entre outras qualidades, para obter as melhores condições para a sua empresa sem desfavorecer a outra parte

No capitalismo, a regra é clara. O comprador sempre quer pagar o menor valor possível, e quem vende faz de tudo para lucrar o máximo. Tal lógica obriga aquele que se envolve em uma negociação comercial a estar bem preparado para lidar com clientes, fornecedores e outros stakeholders. Afinal, é preciso favorecer a empresa, mas sem desagradar a quem está do outro lado do balcão, pois ambos têm o mesmo objetivo: buscar uma parceria que possa fortalecer suas atividades e colocá-los em vantagem em relação aos concorrentes.

Read More

Share