Dois caminhos, uma escolha

No Brasil, diversos empreendedores insistem em trabalhar na informalidade. Mais do que prejudicar o mercado e ser antiético, essa atitude é nociva para os próprios negócios

 

Impostos, burocracia, fiscalizações… As dificuldades para estruturar uma empresa no Brasil levam muitos empreendedores para o caminho da informalidade. No entanto, essa solução está longe de ser a ideal. Não cumprir todos os requisitos legais é um dos principais obstáculos para que um negócio prospere, especialmente em um mercado competitivo como o atual.

 

A dor de cabeça mais óbvia para quem administra uma empresa informal é o alto risco de problemas com a lei. Hoje em dia, diante de uma atuação cada vez mais apurada de órgãos como a Receita Federal e as secretarias da Fazenda estaduais, há grandes chances de que qualquer empreendimento cedo ou tarde receba a “visita” de um fiscal. Se isso ocorrer, o prejuízo pode ser grande: as penas previstas vão de multas pesadas até o fechamento do estabelecimento.

Read More

Share