Sucessão familiar sem risco

Segundo o Sebrae-SP, os herdeiros só devem assumir o comando se estiverem preparados para isso

O ditado popular “de pai para filho” nem sempre é uma verdade no mundo dos negócios. São muitas as histórias de empresas que fecharam as portas depois que os herdeiros assumiram o cargo. No Brasil, segundo o IBGE, mais de 90% das empresas são familiares. Pesquisas mostram que de cada 100 abertas e bem-sucedidas, 30 chegam à segunda geração e 15 à terceira. Um alerta de que a falta de planejamento e de cuidados na preparação da sucessão pode trazer problemas e até acabar com um sonho. 

Read More

Share