CTR eletrônico: sistema inadequado

Com o objetivo de agilizar a troca de informações entre o poder público e os operadores autorizados que prestam serviços de coleta e transporte de resíduos da construção civil e, também, o rastreamento de entulho para combater o descarte irregular, a Secretaria de Serviços, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), começou a implantar o Controle de Transporte de Resíduos (CTR) no formato eletrônico na cidade de São Paulo.

Antes impresso, agora o CTR passou para a via eletrônica. Com uma senha, o documento pode ser emitido em qualquer lugar. O transportador deve acessar o sistema on-line com o registro referente ao seu cadastro na Amlurb e preencher o CTR com todas as informações referentes ao gerador e à unidade de destinação antes da colocação da caçamba no gerador ou transporte de RCC.

Read More

Share

Um imbróglio chamado ISS

Com mais de 16 anos de atuação no mercado financeiro, sendo seis deles voltados para a área jurídica, o escritório Nunes Advogados atua fortemente na área tributária. Especialista no assunto, o advogado Marçal Machado Nunes lembra que, no que diz respeito a empresas de locação de equipamentos, foi definido em súmula que não é constitucional a cobrança de Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS) sobre operações de locação. 

“Com grande dificuldade de entendimento, haja vista a municipalidade querer cobrar e o contribuinte querer evitar o pagamento (pelas vias legais), as empresas acabam cometendo o equívoco de emitir documentos (notas fiscais ou faturas de locação) contrariando a norma preestabelecida”, afirma. Por isso, toda cautela é pouco. “O empresário precisa ser bem assessorado. Ouso afirmar que alguns profissionais deste setor pouco sabem sobre a não incidência de ISS na locação de máquinas e equipamentos.”

Read More

Share

Tempo de mudanças

“Brasil não recuperará sua economia sem o ajuste fiscal e sem atacar problemas estruturais”, diz Maílson da Nóbrega

O ex-ministro da Fazenda, economista Maílson da Nóbrega, participou do evento estratégico Tendências no Mercado da Construção, promovido em novembro, em São Paulo, pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema).

Para ele, os desafios enfrentados pela economia nacional devem continuar no próximo ano, e a situação pode ficar pior caso o governo federal não consiga aprovar as medidas de ajuste fiscal. “Isso provocaria novos rebaixamentos da classificação de risco do País e novas quedas de confiança e de investimento, reduzindo ainda mais a atividade econômica”, explica.

Read More

Share

Pé no freio

Projeções de venda de equipamentos para construção apontam uma retração de mais de 57% em 2015. E para o próximo ano, estudo da Sobratema estima que o mercado de máquinas registrará queda de 2,1% nas unidades vendidas

Segundo dados do Estudo Sobratema do Mercado Brasileiro de Equipamentos para Construção, a comercialização de máquinas para esse setor deve apresentar uma queda, em 2015, de cerca de 57,8% em relação a 2014. São estimadas vendas neste ano de 26,5 mil unidades contra 62,8 mil no ano anterior. A pesquisa é elaborada pela Associação Brasileira de Tecnologia para Construção e Mineração (Sobratema), e sua compilação e análise conta com a consultoria do jornalista e economista Brian Nicholson.

Read More

Share

Socorro financeiro

No momento em que o cinto aperta – ou quando se planeja o crescimento da empresa –, uma saída é recorrer a recursos externos. Consultamos três especialistas para responder a dez perguntas sobre o tema

As motivações para a busca de recursos financeiros podem variar, indo de formar capital de giro e incrementar a produtividade da empresa até levar a cabo planos de expansão, passando por reduzir os custos de capital. Os objetivos podem mudar, mas as dúvidas e o “friozinho na barriga” ao pesar a decisão de assumir financiamentos são comuns à maioria dos empreendedores.

Read More

Share

Cuidados para um financiamento bem-sucedido

Assim como qualquer decisão de peso dentro de uma empresa, a opção por buscar empréstimos no mercado exige uma prévia “lição de casa” a ser feita dentro da companhia. De acordo com o consultor do Sebrae-SP Davi Jeronimo, muitas empresas não avaliam o que ocasionou essa necessidade por recursos financeiros externos e só conseguem visualizar os efeitos positivos que esse aporte poderá trazer. “Elas só se preocupam com os efeitos, porém, as causas continuam como altos estoques, confissão de patrimônio dos sócios, entre outros”, alerta o especialista.

Read More

Share

Dificuldades e oportunidades

Por Hovani Argeri*

É consenso que haverá recessão neste ano. Como a inflação também deve ficar bem longe da meta, a tendência de alta de juros se manterá e deixa dúvidas se haverá recuperação em 2016. Mas é evidente que o País não vive e não entrará na maior crise de sua história. Pensar nisso é desconhecer a história econômica brasileira e achar que o mundo foi criado juntamente com o real. A combinação de retração econômica com inflação e consequente elevação dos juros contamina todas as expectativas.

Read More

Share

Soluções para o terceiro setor

BW Expo marca seu lugar no calendário de eventos reunindo mais de 100 marcas expositoras e cerca de 3 mil visitantes

A BW Expo – Feira de Tecnologias a Serviço do Meio Ambiente é a primeira que realmente pode levar o nome de “evento de sustentabilidade”, já que é a único a cobrir todas as áreas desse mercado. Durante os três dias, em outubro deste ano, empresas expuseram equipamentos, produtos e serviços para água (extração, captação, tratamento, análises e distribuição), esgoto (tratamento, análise, distribuição e geração de energia), drenagem (controle de inundação, revestimento de taludes e canalização), gestão de resíduos (coleta, redução, aterro sanitário, reciclagem, geração de energia e logística reversa), energia (eólica, solar, gás, biocombustíveis, maremotriz, geotérmica e hidráulica), solo (descontaminação, tratamento, análises e monitoramento) e ar (medição, monitoramento, tratamento e análises).

Read More

Share