9 dicas para PMEs construírem marcas fortes no mercado

A Sage, empresa multinacional de softwares de gestão para PMEs, realizou o seminário online “Branding para Empreendedores: crie uma grande marca para o seu negócio”. Durante a palestra, Marcos Bedendo, especialista em construção de marcas e autor do livro “Branding para Empreendedores”, destacou a importância de os empreendedores construírem marcas fortes e coesas, e deu dicas para a condução desse processo. “Uma empresa que está chegando ao mercado precisa convencer o consumidor que existem diferenças entre seu produto ou serviço e aqueles que já existem no mercado. A construção da marca é uma etapa muito importante para que essa mensagem chegue de forma clara aos clientes.”

Confira as 9 dicas de Bebendo para as empresas de pequeno e médio porte construírem uma marca forte e se destacarem no mercado:

1. Acredite no seu potencial – quando uma pessoa decide sair de sua zona de conforto e empreender, é importante acreditar que o produto ou serviço oferecidos tenham diferencial.

2. Seja ousado – negócios de menor porte devem aproveitar o fato de não terem uma base consolidada de clientes para ousar em sua proposta de produto e serviço. Esse ineditismo é uma ótima forma de se diferenciar dos concorrentes, chamar atenção dos consumidores e ganhar espaço no mercado. A marca deve acompanhar e destacar esse aspecto do negócio.

3. Defina o propósito da sua empresa – o propósito da marca é a sua razão de existir. Ela pode vir dos valores do empreendedor, sua visão de mundo, ou da vontade de transformar ou facilitar algum processo. O propósito da marca deve responder por que a marca existe. Ter isso em mente de forma clara é importante para que todos os colaboradores da empresa saibam qual o objetivo do trabalho que realizam diariamente. Além disso, o propósito da marca funciona como uma ferramenta de gestão e auxilia no direcionamento da evolução do negócio.

4. Descubra qual é a essência da marca – a essência da marca faz parte do seu DNA. Ela define as crenças e valores fundamentais da empresa. A essência da marca é atemporal e determina a personalidade e as relações da marca com seus consumidores. Uma marca cuja essência seja predominantemente jovem, por exemplo, vai estabelecer uma relação diferente com seus clientes do que uma marca que possua entre sua principal característica a sofisticação.

5. Entenda qual é o ponto forte do seu negócio e destaque-o – a percepção dos clientes sobre um determinado produto ou serviço é formada pela combinação de três aspectos: funcional, ligado ao que o produto faz objetivamente (o poder de limpeza de um sabão em pó, por exemplo); emocional, relacionado à forma como aquele produto faz com que seu usuário se sinta (como a sensação de segurança e conforto ao comprar um carro de luxo, ao invés de um modelo mais básico); e simbólico ou social, que representa o que o produto diz para a sociedade sobre seus consumidores (pessoas que possuem celulares de uma determinada marca são mais modernas e sofisticadas do que aquelas que optam pelos aparelhos da concorrente, por exemplo). É importante que o empreendedor entenda em qual desses aspectos está o maior diferencial de seu negócio e destacá-lo na construção da marca.

6. Determine a atitude da marca – a atitude da marca é a forma como ela interage com os consumidores, o tom da comunicação com os clientes. Sua marca será mais próxima do público? Mais divertida? Mais profissional? Mais sofisticada? Entenda qual é o perfil do seu negócio e oriente todas as formas de comunicação nesse sentido.

7. Organize as manifestações da sua marca – qualquer ponto de contato com o cliente é uma manifestação da marca. Uma grande empresa está distante do consumidor, então ela precisa investir em propaganda. Já a pequena empresa costuma estar fisicamente próxima dos clientes. Por isso, as manifestações da marca podem assumir outras formas, como a fachada da loja, o uniforme que os funcionários usam (ou não usam), a embalagem do produto, a decoração do ponto de venda, o estilo de atendimento, etc. Todos esses elementos devem estar alinhados para passar a mesma mensagem sobre o seu negócio.

8. Tenha consistência – ao pensar todos os aspectos que formam sua marca, o empreendedor traz consistência à empresa, facilitando o processo de compreensão do cliente sobre o que é seu produto ou serviço, aumentando as chances de identificação com ele.

9. Seja paciente – construir uma marca sólida leva tempo. O planejamento da marca tem como objetivo criar bases sólidas sobre as quais o negócio será construído. Os resultados podem não vir no curto prazo. Mas se o processo for conduzido de forma consistente, eles vão aparecer.

 

Marcos Bedendo é professor de gestão de marcas e marketing estratégico da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), sócio consultor da Brandwagon Consultoria de Branding e Inovação e autor do livro “Branding para Empreendedores”.

Fonte: Assessoria de imprensa

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *