Em tempos de incerteza, como reduzir despesas sem ferir a governança?

Por Rafael Santiago e Cristiano Venâncio*

O Brasil vive um cenário econômico incerto. Desde o primeiro ao terceiro setor, as preocupações são notórias em relação ao futuro. Fundamentalmente, tornam-se inevitáveis alinhamentos internos com foco em reposicionamentos institucionais associados ao bom desempenho dos gastos das organizações, uma vez que a demanda vem caindo e as projeções são cada vez mais pessimistas. Há quem diga que a crise gera oportunidades, onde concordamos integralmente, mas antes de se dar uma diretriz de buscar o aumento da demanda em uma organização, é mais prudente fazer o "dever de casa", focando nos processos em que temos maior autoridade.

Read More

Share

Opinião: A conta amarga de uma economia sem rumo

Por Sérgio Approbato Machado Júnior*

O voo cego no qual o governo embarcou a economia brasileira nos primeiros quatro anos de mandato da presidente Dilma Rousseff está custando caro. O desemprego ultrapassando os 8%, a inflação chega a 9% e a projeção é de 1,5% a 2% de retração do PIB este ano. A economia no ciclo dilmista tem sido um fracasso.

Read More

Share

Extinção da Secretaria da MPE pode prejudicar setor que emprega 60% dos trabalhadores brasileiros

Para Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis e de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas (Fenacon), medida afetará segmento econômico que congrega 99,2% de todas as empresas do País

A possível extinção da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (MPE), cogitada pelo Governo Federal como forma de enxugar custos, pode trazer uma série de consequências para o segmento econômico que congrega 99,2% de todos os negócios do País, quase 60% dos empregos e 20% do Produto Interno Bruto (PIB), conforme alerta a Fenacon. Para a entidade, esse é o único elo entre as MPEs e o poder público, pois a partir da criação dessa secretaria, evidenciou-se uma verdadeira porta de entrada para os anseios do setor.

Read More

Share

10 passos para adequar à Lei Anticorrupção

Em vigor desde 29 de janeiro do ano de 2014, somente regulamentada na data de 18/03/2015, a Lei Anticorrupção afeta não apenas grandes corporações, mas todas as pequenas e médias empresas, em especial aquelas que têm ou pretendem ter relações comerciais com o setor público. De acordo com a nova lei e sua regulamentação, se um funcionário for pego em atos de corrupção, a empresa é punida mesmo sem a comprovação de que tinha conhecimento do que estava acontecendo. A punição prevê multa que pode chegar a até 20% do faturamento bruto do ano anterior, inclusão da empresa numa “lista negra” que a impede de firmar contratos e receber recursos financeiros de entidades públicas, suspensão e até encerramento de atividades, prisão dos envolvidos, entre outras Portanto, agora é hora de investir em prevenção.

Read More

Share

BMC-Hyundai promove rodada de negócios em parceria com a Apelmat

Amanhã, 11 de agosto, a BMC-Hyundai se une à Associação Paulista dos Empreiteiros e Locadores de Máquinas de Terraplenagem e Ar Comprimido (Apelmat) para realizar uma Rodada de Negócios. O evento, que é destinado aos associados da entidade e clientes da empresa, acontece a partir das 19h, na sede da associação.

Com a programação totalmente voltada para peças e serviços, os executivos da BMC-Hyundai apresentarão as iniciativas mais recentes da companhia para essas áreas, como o MPP+ e a Garantia em Dobro. Com 40 minutos de duração, a palestra será ministrada pelo diretor de pós vendas da empresa, Alcides Guimarães (Manga), e pelo diretor de novos negócios, Paulo Lanceroti.

Read More

Share