9º Concrete Show: Produtividade e redução de custos nos canteiros de obras são prioridade para construção civil do país

Diante dos desafios econômicos que o Brasil vêm enfrentando nos últimos meses, a construção civil brasileira mantém o positivismo e acredita que a sinergia entre empresas, fornecedores e representantes do setor são fundamentais para seguir em expansão de mercado. O tom otimista e a união marcaram a abertura da 9º Concrete Show South America, evento focado na construção civil e na cadeia produtiva do concreto, em São Paulo.

Para o diretor do evento, Cassiano Facchinetti, por mais um ano, o Concrete Show South America consolida-se como ponto focal das novidades, lançamentos, tendências e também das principais discussões que fomentam novas práticas e inovações em cenários economicos desafiadores. “Nos mais de 60 mil m² de exposição indoor e outdoor, temos este ano mais de 600 marcas expositoras vindas de 40 países, além de 70 novos expositores nacionais e internacionais, novas tecnologias e equipamentos, que têm o objetivo de apresentar soluções para os mais de 30 mil visitantes que buscam aumento de produtividade e redução de custos nos canteiros de obras”, explicou o diretor.

Assim como ele, o presidente da Associação Brasileira de Cimento Portland, Renato Giusti acredita que a parceria entre todo o setor é fundamental para as coisas acontecerem. “Claro que estamos em um ano difícil e delicado, mas juntos nós temos as ferramentas para enfrentar as dificuldades. Por isso, destaco que o conhecimento extraído de eventos como este é fundamental para a capacitação do setor”, afirmou durante a abertura do evento.

Para o presidente da UBM, Jean-François Quentin, nesta edição o Concrete reforça sua missão estratégica e colaborativa com visitantes, expositores, fornecedores, associações e apoiadores. “Nós oferecemos conteúdo de qualidade para aperfeiçoamento dos profissionais deste pujante mercado”, destacou.

A força do espírito de união para concretizar ideias e ações também foi lembrada pela presidente da Concrete, Cláudia Godoy, que destacou como o evento tornou-se realidade em 2007 pela primeira vez, depois dela ter abraçado a ideia dois anos antes. “Ter a ideia só não adianta, é preciso acreditar e seguir para realizar. Eu sempre acreditei que o Brasil merece um evento como este, e continua merecendo”, afirmou.

 

Fonte: Asssessoria de imprensa

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *