Programa de Investimentos prevê melhoria da infraestrutura de transportes em todas as regiões do país

NORTE

Rodovias

Está previsto o leilão, ainda em 2015, de 976 km do trecho da BR-163 que liga o município de Sinop (MT) a Itaituba (PA) para escoamento da safra via Porto de Miritituba, com investimentos estimados em R$ 6,6 bilhões. Além disso, o programa prevê para 2016 a concessão da BR-364/RO/MT, com investimentos da ordem de R$ 6,3 bilhões em aumento de capacidade e melhorias, consolidando importante rota de escoamento da produção do MT, via Hidrovia do Madeira.

Portos

Estão previstos cerca de R$ 800 milhões de investimentos em autorizações para a instalação de 21 Terminais de Uso Privado (TUPs). No Pará, serão três TUPs no porto de Itaituba, dois no porto de Belém, um em Ananideua e um do porto de Santarém, com previsão de R$ 621,2 milhões de investimentos no total. No Amazonas, serão oito TUPs, todos no porto de Manaus, com previsão de R$ 93,1 milhões. No Acre, serão dois terminais privados em Cruzeiro do Sul (R$ 30,6 milhões) e um no porto de Santana (R$ 1,2 milhão). Em Rondônia, serão três terminais em Porto Velho (R$ 43,5 milhões).

Também estão previstas antecipações de prorrogação de contrato de arrendamento nos portos de Vila do Conde (PA) e Santarém (PA), que implicará investimentos da ordem de R$ 223,4 milhões.

Serão realizados leilões de novas áreas de terminais, com previsão de R$ 4,1 bilhões em investimentos. Estes novos arrendamentos serão localizados no Pará, com 20 áreas (um em Vila do Conde, um em Belém, três em Outeiros, três em Bacarena, quatro em Santarém e oito em Belém-Bacarena) e investimentos de R$ 3,2 bilhões, em um em área no Amapá (Santana) no valor de R$ 47,4 milhões e um no Amazonas (Manaus) no valor de R$ 890,9 milhões.

Share

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *